Hoje Não Há Música [teatro]

Hoje não há música

 

Inverno. Noite. Um homem em cima de uma mesa de um restaurante piano-bar. Veste um casaco comprido.

HOMEM:

Ouvem-me bem? Toda a gente está a ouvir-me bem?

Hoje não há música.

Hoje não há espectáculo.

Acabou-se.

A música.

O espectáculo.

O mundo.

Talvez fosse bom que tudo continuasse na mesma.

Mas não é possível.

Agora já não é possível.

Nem é possível começar tudo de novo.

Para tudo na vida… para tudo o que acontece a cada um de nós na vida, há uma linha que separa o que não se deve fazer daquilo que deve ser feito. Umas vezes sabemos se é certo continuarmos no lado em que estamos ou passar a linha para o outro lado. De outras vezes não sabemos, ou hesitamos muito e acabamos por escolher ficar onde estamos. Pode ser que seja o lado certo da linha. Pode ser que não.

De uma coisa havemos de ter a certeza: mais cedo ou mais tarde saberemos qual o lado certo. E o errado.

Ou talvez não.

Talvez às vezes não seja possível saber.

Como hoje.

 

Despe o casaco. À volta da cintura tem um cinto de explosivos. Agarra um detonador.

(…)

Anúncios

One Trackback to “Hoje Não Há Música [teatro]”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: